quarta-feira, 25 de maio de 2016

MAIO - LUAR DO PREÁ

"Nem sempre quando a luz se apaga,
vem com ela a escuridão.
Meu desejo nesse momento
à você que está atento
é homengear a lua em toda sua imensidão
que com brilho tão intenso
enternece meu coração

Não sou poetiza de profissão,
apenas me deixo encantar
Pela arte da natureza
que a mim vem deslumbrar

Por isso, peço logo a vocês
que me conceda perdão
Pela audácia em usar rimas
sem ter para isso instrução e pelas falhas que terei
Por conta da emoção

Não sei contar as sílabas nem os versos combinar
Pode até ser, não tenho certeza.
Que você venha gostar
Mas, quero mesmo continuar
Da lua tão linda falar

Há um brilho intenso dourado
Antes do anoitecer
Pra não morrermos de medo,
Nem nos embrutecer
A noite amiga e bondosa
Que a todos vem embalar
Mesmo pra'quele que não faz por merecer

Ela nos surpreende
com o céu belo a nos encantar
Me hipnotiza por horas
fico ali, a lhe fitar
tentando compreender,
e me deixando envolver
com o mistério que é o alvorecer

Me sinto como criança
Olhando sem me cansar para o céu todo estrelado
e como ele beija o mar
Sem nem por isso enjoar
Como é lindo o meu sertão,
Como é lindo o meu Preá
Que me trás no mês de maio esse tão lindo LUAR..."

Nenhum comentário:

Postar um comentário

- COMENTE, OPINE, DÊ SUGESTÕES.
- Depois de comentar. Indique para um amigo.