segunda-feira, 14 de dezembro de 2009

ASSISTO OU ATUO? - 1

Tenho estado quietinha no meu canto. Vivendo e refletindo muito.

Normalmente não consigo postar nenhum texto nesses momentos, porque geralmente há um turbilhão de pensamentos aparentemente desconexos, desordenados. Sensações essas causadas pela impetuosidade dos acontecimentos ao redor de nós, ao redor do mundo.
  • Aquecimento global;
  • Atos terroristas;
  • Contravenção;
  • Motoristas que continuam bebendo, morrendo e matando;
  • Alegria e lazer: do futebol, das festas, dos encontros com amigos que são transformados em guerra sangrenta;
  • Crimes passionais;
  • Aumento de violência contra a Mulher;
  • Tornados no sul do Brasil;
  • Seca no nordeste;
  • Mensalões;
  • Desmatamento;
  • Drogas e ... A lista é infinita;
Preciso pesquisar, conversar, amadurecer antes de expor pensamentos embaralhados que mais confundem do que esclarecem ou motivem ações sustentáveis e redentoras.

Claro, para quem acredita que elas existam.

Acreditar?

E será que existe alguém que ainda acredita que há solução?

Se não definitiva. Que pelo menos minimize esse horror!

Este é o meu sonho, meu desejo intenso, sempre! (doida pra ver o meu sonho teimoso um dia se realizar).

Continuo pensando que a razão de sermos colocados nesse mundo, dotados de raciocínio e sentimentos(bons e maus), é para usarmos em prol de nós mesmos, uns pelos outros.

Redescobrindo-nos todos os dias, desenvolvendo nossa humanidade, e amadurecendo em favor do bem.

Fazendo com que dessa dilogia, saia um ÚNICO vencedor:
O BEM.

Imagino que muitos respondam prontamente e com grande alarde:

Só Jesus Cristo Salva!


Pergunto:
- Só as frases feitas repetidas ha décadas resolvem?

Se resolvessem, o mundo não estaria desse jeito.

Outros ainda dirão:

-Ela é louca. Também está escrito:

"...no mundo tereis aflições..."
João 16:33b

"
E, por se multiplicar a iniqüidade, o amor de muitos esfriará..." Mateus 24:12

Não importa quais e quantos textos bíblicos você conhece sobre o final dos tempos ou fim do mundo, ou sobre o arrebatamento, o apocalípse, ou, se ainda nas previsões de Nostradamus.

O ponto aqui não é religião, ou qual a forma mística que você ou eu praticamos para atender nossa espiritualidade, ou não.

O que de fato importa é o aprendizado e o exercício em favor do bem e da Paz.

Devo o fazer o bem. Não importa a quem.


(Trecho da música cantada por Renato Russo-PAIS E FILHOS)
É preciso amar haahaa as pessoas
Como se não houvesse amanhã.

(Trecho da música cantada pela banda Titãs-EPITÁFIO)
Devia ter amando mais
ter chorado mais,...

Queria ter aceitado

As pessoas como elas são
Cada um sabe alegria
E a dor que traz no coração...

Devia ter complicado menos
Trabalhado menos
Ter visto o sol se pôr
Devia ter me importado menos
Com problemas pequenos
Ter morrido de amor...

Queria ter aceitado
A vida como ela é
A cada um cabe alegrias
E a tristeza que vier...

ter feito o que eu deveria fazer...


Precisamos ser atuantes, sem a ingenuidade ou comodismo de que meditando, orando, rezando, fazendo novenas, acompanhar romarias; a violência, o desamor irão diminuir.

Tenhamos a certeza de que sem arregaçar as mangas, nada acontecerá.


amar + orar + ação = ORAÇÃO / CORAÇÃO




Por favor, estejam à vontade para interagir, expor seu ponto de vista e para divulgar, o que você já vem fazendo objetivamente sendo um estimulador do bem.

8 comentários:

  1. esse texto mostra o queanto é possível uma mente desorganizada criar, percebe-se nitidamente que é uma mente em crise, todavia, as colocações apesar de soltas, tem muito a nos dizer,pois nao basta texto organizado, texto que transmita algo e essas frases soltas nas mãos de uma mente organizada vai longe. as letras das músicas tem valor incalculável em qualquer nível e situação da vida....É PRECISO AMAR AS PESSOAS COMO SE NAO HOUVESSE AMANHÃ...e isso nao acontece pois nao valorizamos ningu
    ém senão, a nós mesmos....de qualquer forma, estando bem ou mal, foi válido, pois inclusive, me chamou atenção.....continue assim, só se organize mais, isto é, melhore que proezas sairá de ti..Deusimar.....

    ResponderExcluir
  2. Vlw. Deusimar!!

    Obrigada por comentar e dar sua sugestão!

    volte sempre.

    ResponderExcluir
  3. li e reli seus apontamentos e de novo estou aqui para lhe parabenizar, pois crises geram isso na gente mesmo, as vezes geram desconforto, revolta e busca de um bode expiatório em quem possamos jogar nosso desespero, mas nao vejo isso em vc, e sim um pessoa com os pés no chão e concluo essa percepção por uma frase solta que colocaste no teu texto: SE FRASES FEITAS RESOLVESSE O PROBLEMA DO MUNDO JÁ ESTARÍAMOS NO PARAÍSO. mas nao, estamos mergulhados num inferno de promiscuidade, desonestidade e exploraçao do maior ao menor, do bom ao doente, nao devemos viver de frases feitas, mas de experiências vividas e praticadas pois assim a vida será vivida mesmo doendo, gemendo nao importa, importa sim viver a vida com qualidade e qualidade na vida náo se liga a posses, ou saúde, pois o MAIOR, MELHOR HOMEM QUE VIVEU ENTRE NÓS REALIZOU TODOS OS SEUS PROPÓSITOS DE VIDA MORRENDO EM UMA CRUZ COM OS BRAÇOS ABERTOS. termino meu comentário deixando a frase de Agostinho: "ninguém faz bem o que faz contra a vontade, mesmo que seja bom no que faz". nao deixe a vida passar por você como um tronco boiando rio abaixo deixando que força da água decida o rumo da sua vida, viva a vida com qualidade e a qualidade da vida depende quem a vive..nao ponha mais dias em sua vida, ponha qualidade na vida que vc já tem.......Deusimar, o amigo.

    ResponderExcluir
  4. Krak, Deusin, que legal! Muito massa o q vc escreveu. Poxa! Fico muito feliz qd vc diz q me percebe com os pés no chão. Espero que esse comportamento que é alimentado por Quem devo tudo que tenho e que sou. Me amarro quando vc diZ "devemos viver de experiências concretas, gemendo, com dor. Não importa. Importa É VIVER!!

    E kra, o que ajuda a vida ficar bem melhor é ter amigos sinceros e leais, que nos acolhem como nós somos, sem exigir nada de volta.

    Obrigada por sua amizade e da Tê! Vcs tem tido uma participação bastante relevante e dando qualidade ao meu comportamento com a VIDA.

    Bjs

    ResponderExcluir
  5. A minha mente é muito musical ainda mais quando rola música no texto, e pra variar, enquanto eu lia seu texto me vinha a mente uma bela canção de Beto Guedes.
    "O Sal da Terra"
    Anda, quero te dizer nenhum segredo
    Falo desse chão, da nossa casa, vem que tá na hora de arrumar
    Tempo, quero viver mais duzentos anos
    Quero não ferir meu semelhante, nem por isso quero me ferir
    Vamos precisar de todo mundo pra banir do mundo a opressão
    Para construir a vida nova vamos precisar de muito amor
    A felicidade mora ao lado e quem não é tolo pode ver
    A paz na Terra, amor, o pé na terra
    A paz na Terra, amor, o sal da terra...
    Terra, és o mais bonito dos planetas
    Tão te maltratando por dinheiro, tu que és a nave nossa irmã
    Canta, leva tua vida em harmonia
    E nos alimenta com teus frutos, tu que és do homem a maçã
    Vamos precisar de todo mundo, um mais um é sempre mais que dois
    Pra melhor juntar as nossas forças é só repartir melhor o pão
    Recriar o paraíso agora para merecer quem vem depois
    Deixa nascer o amor
    Deixa fluir o amor
    Deixa crescer o amor
    Deixa viver o amor
    Todos somos diretamente responsaveis pela harmonia da nossa sociedade, da nossa casa "Terra", portanto é imprescindivel nossa atuação. Temos que acreditar que o amor pode vencer barreiras. O amor é cristão e a ação tambem, engana-se quem se esconde atrás de religiao para cruzar os braços uma vez que Jesus mostrou atitude em seus ensinamentos.
    Bjs

    ResponderExcluir
  6. Wwow! Lindo Lígia!!

    Amei.

    Vc é mesmo fera!!!

    Feliz 2010 !!

    ResponderExcluir
  7. Oi amiga... penso que a dor, assim como a solidão, são condições dramaticamente humanas. Não podemos evitar. é a própria condição de estar vivo. penso também que, quem procura dar um sentido a sua experiência/aventura (é assim que considero a vida)acaba neste mar de melancolia. A MELANCOLIA É A DOENÇA DO PENSAMENTO, já dizia Marcia Tiburi. geralmente, os filósofos são melancólicos. o primeiro passo pra vivermos "razoavelmente mais ou menos" é aceitar esta condição, e o segundo é pensar sobre ela e acharmos saídas. Não se trata de pessimismo ou comodismo, mas sim de uma determinada experiência com a própria existência. Nossa fé, seja lá em quem esteja depositada não nos isentará do sofrimento. Isso é balela. Considero de mais alta mediocridade aquele jargão cristão: JESUS RESOLVE TODOS OS SEUS PROBLEMAS. tem uma música de uma cantora gospel que diz o seguinte: SE VOCÊ SE ARREPENDER E CRER NO SALVADOR JESUS RAZÃO DA VIDA, NUNCA MAIS IRÁ SOFRER E NEM SE SENTIRÁ SOZINHO NESTA VIDA. poupe-me!!!mas, vamos dar um desconto porque música é poesia e na poesia podemos dizer tudo. é devaneio. contudo, isso fica registrado na nossa subjetividade e fica latente, por que o que queremos na verdade é encontrar esse Deus que NUNCA nos deixará sozinhos e que NUNCA permitirá o nosso sofrimento. (???) Faço uma ponte com a questão que você coloca das mazelas sociais. Ora, não sei o que seus leitores/seguidores pensarão, mas não me preocupo, e assim declaro que não sou muito simpatizante com aquela citação bíblica que diz: "viveis neste mundo mas não pertenceis a ele...", é mais ou menos assim.
    é claro que pertencemos a este mundo e nos pertence também suas injustiças e demais formas de relações. já dizia o poeta, NÓS SOMOS A ENTRADA E A SAIDA DE TODAS AS COISAS. Aliás, é bom lembrarmos que vivemos numa cadeia de relações e que nossas ações alcançam dimensões horrendas. O que nos ... é a idéia de desenvolver uma espiritualidade, uma relação próxima com Deus. relação esta tão estreita que não cabe mais ninguém, somente nós e Ele. Daí esquecemos dos outros. Outros que, de alguma forma, estão também na nossa rede de relações e que com isso sofrem ou gozam das conseqüências de nossas ações. Acredito (isso é um pensamento meu) que não exita espiritualidade maior do que UMA SEDE DE JUSTIÇA GRINTANTE,que de tão forte que é nos arranca da nossa covardia e do nosso egoísmo a ponto de nos fazer olhar para o outro e seu contexto de vida. Amiga... te amo!!! bjos e mais bjos

    ResponderExcluir
  8. sim, esqueciiii... tu sabes que falo demais, né?!?!? bem, Kant, o filósofo, fala, mais ou menos, de dois estágios de vida. um seria a menoridade e o outro o esclarecimento. trata-se de um eterno embate. a menoridade, segundo este filósofo é muito mais agradável. visto que nesta situação o sujeito não faz escolhas nem toma decisões. sua vida está sobre os cuidados de um tutor. este tutor pode ser o pai, a mãe, um casamento ou a própria religião. Deus não cuida de nós?!?!?! para permanecer na menoridade há duas causas presentes no ser, a covardia e a preguiça. ora, fazer escolhas, tomar decisões, é algo muito sério e requer muita responsabilidade. escolher é jogar-se, muitas vezes, num abismo. é lidar com a incerteza e a sensação de que, talvez, nada dê certo e tenhamos que recomeçar. e, se tudo dé errado? se o outro escolhe por mim, isento-me de toda e qualquer responsabilidade. enfim,é uma situação muito cômoda,por isso muitos escolhem não crescer. O esclarecimento equivale à liberdade e, como todos nós sabemos, quanto maior a liberdade menor a segurança. tomar as rédeas da própria vida nas mãos requer responsabilidade e coragem para o recomeço, visto que nada, em lugar algum, nem mesmo a mais mística das religiões garantirá ao homem a certeza de seus caminhos. por isso amiga, vida intensamente a sua experiência/aventura na terra. e no mais, seja muito feliz!!! bjos! você sabe quem escreveu!!!

    ResponderExcluir

- COMENTE, OPINE, DÊ SUGESTÕES.
- Depois de comentar. Indique para um amigo.